terça-feira, 31 de maio de 2016


6 comentários:

Lídia Borges disse...


Reafirmá-lo (seja ele de que natureza for) é quase um ato de coragem, hoje, que a palavra nos parece tão cheia de nadas.


Bj.

Oria Allyahan disse...

lindo

Anônimo disse...

O amor em riste!

Mulher na Polícia disse...

Existe sim, que eu sei!

: )

Sil Lisboa disse...

http://Poemasillisboa.blogspot.com

Ben Magno (Sr. Borges) disse...

o amor
desde que existe
desde que exista
desde que insista
deixa que exista
deixa de existir
desistir
existir
no amor
...

Esse poeta de consumir-se, póstumo é nosso abraço!