segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

1001 + 39 - estudo singular sobre plumas, minérios e afins


daquele sonho de asas
ficou a ideia de voo
sobre rasos precipícios

daquele sonho de águas
ficou a ideia de liquido
sobre rasos que inundam

6 comentários:

Primeira Pessoa disse...

daquele sonho com asas, ficou um poema alado.

o que será que teria sido e foi em vão???

beijão, broda!

Alice disse...

rasos que inundam e afogam.

sempre suave pousar aqui!

Lídia Borges disse...


Tocamos o pouco que fica
do muito que não ficou.

Um beijo

Luiza Maciel Nogueira disse...

inundas meus olhos de poesia Assis

beijos

Álly Ferreira disse...

Lembrei-me dos sonhos com pontes, pulos, vôos, águas e afogamentos...
bem arquetípico... =)

Adjetivos a Gosto disse...

Bela poesia!