domingo, 28 de abril de 2013

1001 + 64 - parábola de vestal, sangue e oferenda


À noite, os lobos se vestem de lobos
e vão buscar suas ovelhas.
Durante o dia repousam solitários.
Mas, à noite os lobos precisam ser lobos.

Olha o presente lindo que a Tania me ofertou

5 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

A noite convida a ser lobo.
Abraço

Verso Aberto disse...


por isso
ovelhas precisam tomar mais cuidado com os diurnos, que não precisam ser lobos, mas são, viu, são sim rsrsrs

abração mestre Assis

Caroline Godtbil disse...

A cada qual seu destino...
Beijos.

eurico portugal disse...

porque à noite... há noite - mesmo que a luz que nem sempre exista.

já passei na taninha e deliciei-me com a justeza das palavras: homem-poema por ser poesia.

abração!

Lídia Borges disse...


Os lobos e as suas notivagas intenções.

Um beijo