domingo, 29 de novembro de 2009

48 - Madrigal de infantes

Era a intriga da espera
Que afligia os sentidos
Vazavam tolos medos
Embebidos em segredo

Era a intriga da espera
Que desprendia o desejo
Feito o calor da maresia
Farto parto: coito e poesia

Um comentário:

Mai disse...

Ainda estou por aqui, embebida nos lençóis.

Abraços.