quarta-feira, 13 de junho de 2012

979 - outra canção de amor para radiola de ficha


onde está escrito amor
leiam outra coisa
é só o que me
(s)ocorre agora
quando a luz se apagou

14 comentários:

Tania regina Contreiras disse...

Um achado esse título, e o poema, então? :-)
Beijos,

Everson Russo disse...

O amor pode ser tantas emoções e sensações...muitas vezes nem sabemos ao certo decifrar...abraços.

LauraAlberto disse...

e quem sabe o verdadeiro significado dele? eu de mim não me atrevo

beijo

Lídia Borges disse...

Há sempre uma maneira do poeta se salvar, à falta de luz. E como se salva!

L.B.

Alice disse...

Muito bom esse, adorei!!!

Bípede Falante disse...

Pobre de nós!! :)
beijoss

Mirze Souza disse...

A luz que volta a cada amanhecer.

Beijo

Mirze

dade amorim disse...

Muito bom, Assis, e o título é uma achado.

Beijo beijo.

Joelma B. disse...

não ver de vez em quando, é bom!!

beijinho, Assis!

Daniela Delias disse...

Esse título é de torar (quem fala assim?).

Beijão!

;)

Jorge Pimenta disse...

do que nos resta para além da sombra, lusco-fusco do que escrito não diz porque se esqueceu de dizer. assim é o amor.

abraço!

AnaClarissa disse...

Estar às escuras desorienta. Como se muda o amor!

Abraço!

Eurico disse...

Perfeito.
E o título já é poesia.

abraçamigo.

Cris de Souza disse...

Merece um replay!