quarta-feira, 3 de novembro de 2010

387 - primeiras aulas de geometria


ela chegava com a noite e debruçava-se
sobre o teorema de Pitágoras
eu só tinha olhos para hipóteses nuas

27 comentários:

Nina Rizzi disse...

que coisa linda, menino. lindo também é recordar que minha primeira paixão foi a professora de matemática, a mesma de geometria. acho que foi pra ela meus primeiros versos...

cheiro.

Pablo Rocha disse...

A poesia e a matemática. Ambos sãi frutos de inquietações.. Gostei!

Abraços!

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Assis,
Hipóteses nuas, hipotenusas. Até das figuras fazes musas; tua inspiração é sempre ao quadrado, ao cubo...

Abraço aritmétrico,
Pedro Ramúcio.

Domingos Barroso disse...

certamente os catetos
(adjacente e oposto)
em estado de frenesi
...

forte abraço,
camarada Assis.

Vanessa Souza Moraes disse...

Hipóteses são sempre um vir-a-ser.

Andrea de Godoy Neto disse...

geometria da paixão essa...

beijo

Zélia Guardiano disse...

Amigo Assis
Nunca, jamais, em tempo algum, ninguém poderia imaginar, em hipótese alguma, um trocadilho tão especial assim!
Lindo!
Abraço

Tania regina Contreiras disse...

Ah, o máximo, Assis! Você diz coisas que sempre são...inaugurais! Você inaugura sempre com a palavra..
Beijos,

Cris de Souza disse...

ah, esse infinito particular...

a benção, mestre!

beijo.

Ingrid disse...

Sempre tuas palavras e me chegar..e tocar..
Beijo.

Gerana disse...

Muito bacana. Tudo termina (ou começa) com os números (as letras? depois...).

Lau Milesi disse...

Genial, professor,oooops, poeta Assis. :)

Isso mesmo, teorema é para ser entendido e aplicado.
Nota 10 ao quadrado,poeta. Muito legal!!

Beijo

Assis, Acho Pitágoras um gênio. Foi ele quem descobriu que uma corda com o dobro do comprimento de outra emite a mesma nota musical , mas uma oitava acima (mais aguda) . Aprendi essa mas não foi na aula de geometria.:)

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

que as hipóteses sejam sempre nuas e nunca árvores de natal

Dario B. disse...

Hipotenusa por hipotese nua, prefiro as Humanas.

Sandra Botelho disse...

Milimetricamente desenhada ela mergulhava nas formas geometricas de sua alma e envolvia seus olhos.
Bjos achocoaltados

Mirze Souza disse...

Pois é? Isso é lugar para se deitar?

Hipotenusa = soma do quadrado dos catetos.

Tendo um poeta, ela escolheu deitar em ....


Beijos, poeta MIL!

Mirze

Mai disse...

[Abri o meu maior sorriso]
E Pitágoras nem nus viu, ou seria também um poeta.

cheiros matemáticos.

Wanderley Elian Lima disse...

E dessa forma, ela te conquistou.
Abração

Luiza Maciel Nogueira disse...

a mocidade na época da escola - os meninos curiosos para saber da professorinha :)

bj

Marcantonio disse...

Nossa! Formidável!

Abração.

Daniela Delias disse...

Uau!!!

líria porto disse...

queria ter escrito estes versos, assis - ah, se queria!
besos

Jorge Pimenta disse...

reverência à aritmética verbal! por assis.
um abraço!

Lara Amaral disse...

rs, que máximo! O sarcasmo no ponto!

Í.ta** disse...

maravilhoso, assis!

preciso como todo poema deve ser.

grande abraço!

Maria Muadiê disse...

muito bom!

* Felicidade Clandestina disse...

fiquei aqui imaginando a cena...