domingo, 11 de dezembro de 2011

794 - canção para gioconda assentada no arrebol

nem toda a minha sinceridade
seria capaz de arrancar
de ti este ar de interrogação

que destilas feito monalisa
pousada na aba deste pôr-do-sol

13 comentários:

dani carrara disse...

paz de interrogação
o poema é capaz de arrancar

Lou Vilela disse...

Catalisador, o poema e o olhar. ;)

Cheiro

Ingrid disse...

bela imagem..
bom dia poeta!
beijo.

Rejane Martins disse...

...todo ar se ria em acento de dúvida, duvida?

Joelma Bittencourt disse...

um sorriso irradiando outro...

Beijinho, poeta Assis!

MIRZE disse...

Linda canção!

Eu não teria tanta certeza, mas não entendo muito de gioconda e monalisa.

Beijo

Mirze

Silenciosamente ouvindo... disse...

Pois a Mona Lisa é um permanente
mistério.
Bom Natal para si amigo e sua
família.
Bj.
Irene

Adriana Karnal disse...

esse ar de intorrogaçao é a essencia do mistério, a poesia é puro misterio.

dade amorim disse...

Gioconda é como a esfinge, só que mais bonita.

Beijo, Assis.

A. disse...

Está dado o mote!... Quase Poema!...





Abraço

Vais disse...

assentada no arrebol
pousada na aba dum pôr-do-sol
um sorriso :) um mistério

beijinho Assis

LauraAlberto disse...

deve de estar com as sobrancelhas bem franzidas a tua mona lisa

beijo

Laura Alberto

Cris de Souza disse...

Dá gosto de ver!