quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

52 - canção de queixumes

de fato antevejo a dor
que porventura possa vir
doí-me o fado de existir

e de repetir versos assim
ser outra pessoa do Pessoa
encontrar eco senão em mim

de fato soa triste a querela
deste estar e não estar indo
deste passar, passar, infindo

2 comentários:

Mai disse...

Não senti queixume algum, senti fundeza, mergulho livre e sentido.
Belíssimo, Assis, muito, muito.

Abraços.

nina rizzi disse...

eu sinto
tão e to e tanto...