sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

60 - Canção de bem-me-quer

Não te pedirei em silêncio
A alegoria desse encanto
Preciso fazer ouvir alarido
Despertar sons no instante

Não te pedirei em auroras
Para vires esculpir os dias
Vivo a brisa destes passos
O reticente pulsar dos olhos

4 comentários:

nina rizzi disse...

sempre tão lúdico... o meu amor grita também, mesmo em silêncio.

Um cheiro, cabra.

nina rizzi disse...

ahhhh, mudou a foto: uma massa de pensamento, concreto? risos..

Outro cheiro.

Hneto disse...

Claro que tenho interesse no teu livro,

podemos fazer um escambo do bem.

Gerana Damulakis disse...

Pede uma continuação.
O Mil e um poemas está nos Favoritos do Leitora.