domingo, 10 de outubro de 2010

363 - sobre o visgo no laço do teu abraço

por ele me desvio de tortos desalinhos
invoco o pretérito de todos os ocasos
por ele saio do casulo dos acasos
e fico pregado como palavra
fisgada no branco da página

24 comentários:

Zélia Guardiano disse...

Não tem escapatória, meu querido Assis...
Prisão perpétua!
Grande abraço e um lindo domingo.

Cris de Souza disse...

Abra-te laço!

Aquele abraço, Assis dos mil e um bordados.

Guará Matos disse...

Oi, como vai você?
Hoje passei pra conhecer e deixar dois convites.

Conheça “duas casas” produzidas por mim:
Blog: JORNAL AFOGANDO O GANSO/
http://afogandooganso.blogspot.com/
Site: GUARÁ MATOS blábláblás e afins/
https://sites.google.com/site/blablablaseafins/

Lhe sou grato e partir dessa aproximação, criaremos mais um vínculo de amizade e interação.
Abraços,
Guará Matos.
Twitter: @GuararemaMatos

Lara Amaral disse...

Lindo enlaço! Adorei =)

teca disse...

Ah... aquele abraço!

Bom domingo, poeta.

Everson Russo disse...

Que esse laço seja forte,,,apertado,,,eterno...abraços de bom domingo amigo.

Marcantonio disse...

O que aprisiona, porém redime da liberdade exausta por não ter pouso.

Abraço!

Ingrid disse...

ocasos de brancas páginas
e casulos em desalinhos..
vida de nossas palavras Assis!
um bom domingo.
beijo..

Menino-Homem disse...

bravo e bom!

passando e desejando um abraço,
fique com Deus!

Í.ta** disse...

a palavra fisga mesmo. tem jeito, não.

grande abraço!

Lívia Azzi disse...

"por ele saio do casulo dos acasos"

Amor bom é intenso assim e nos inunda de desejos sem fim...

Um beijo!

Lau Milesi disse...

Uma alquimia perfeita, real.
..."invoco o pretérito de todos os ocasos
por ele saio do casulo dos acasos...
Lindo e lindo. Bravoooooo!!
Beijo, poeta.

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

adoro a palavra quando ela fala de si mesma e coma graça que aqui se faz fica mais prazerosa a leitura

Fred Caju disse...

A página em branco é um ótimo lugar para pescar. Abraços, Assis!

Maria Paula Alvim disse...

lindo ( e gracioso) enlace. Gostei muito. Você é fera, Assis

Lídia Borges disse...

Um abraço que enlaça e vivifica.

Lindo!

L.B.

Úrsula Avner disse...

Olá poeta, ... palavra fisgada no branco da página... Bela imagem poética. Sempre me encanto ou me surpreendo quando passo por aqui. Grande abraço.

Gerana Damulakis disse...

Maravilha:"como palavra
fisgada no branco da página".

Domingos Barroso disse...

e quando assim fisgado
fisgam-se também outros olhares
pois a tua página é vasta
como ampla é tua alma, Assis,
forte abraço.
...

ErikaH Azzevedo disse...

Prender-se assim por opção é a maior das liberdades.

E a palavra sempre te pegando como bote né...hehehe

Bjo querido.

Erikah

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti amigo,,,bom feriado...abraços.

Mirze Souza disse...

Assis!

Quem dera todos os abraços, que já são raros, fossem assim verdadeiros, poéticos e desejados.

Belíssimo!

Beijos

Mirze

dade amorim disse...

Palavras de captar a sensibilidade para sempre.

Bípede Falante disse...

Se eu dissesse tudo isso a ele, ele grudava em mim :)