domingo, 12 de dezembro de 2010

430 - poema de astrolábio e futuros astros

- mãe me faz uma lua
pedia insistente a menina
enquanto atônita, a mãe
tentava explicar-lhe sobre astros
e outros corpos celestes
alheia a menina via se erguer
dois sorrisos enluarados
bem no meio da noite de estrelas

18 comentários:

teca disse...

É tão bom vir aqui...
nos seus versos eu me entrego
na sua poesia eu me imagino...

Beijo carinhoso.

Cris de Souza disse...

essa menina é das minhas...

beijo, querido!

(astrolábio é uma palavra tão atraente)

Sandra Botelho disse...

estrelas encantadas brilhando em suas palavras...
BJos achocolatados

AC disse...

Obviamente duas realidades paralelas...

Abraço

Jorge Pimenta disse...

há tanto que apenas se torna tangível no metro que se ergue entre os olhos de uma criança.
não sei se conheces o conto "a estrela", do grande vergílio ferreira. vale a pena, caro assis.
um abraço!

Ingrid disse...

Que delicada forma..
muito belo!
beijo.

Luiza Maciel Nogueira disse...

lembrou-me o Natal e a esperança que vem acompanhada dessa época! Muito bonito Assis, uma poesia astral!

Beijos

Primeira Pessoa disse...

zé de assis,
conhece astrolábios, na voz de rubi? (poema de gero camilo)

se nao conhece, quero te enviar. posso?

beijo, poeta!

r.

Mirze Souza disse...

Lindo, ASSIS!

Estado de LIMBO!

Um beijos, poeta MIL!

Mirze

dani carrara disse...

belo...

a mãe a filha a menina a lua a vida

pensar num blog pra escrever "mil e um poemas" então, muito belo.

bjo

Lara Amaral disse...

Lindo isso, meu amigo! Tão doce =)

Beijo.

Lau Milesi disse...

Celestial, tão lindo poeta Assis.Tão lindo...
Poeta nos faz "viajar" mesmo. Lembrei de duas estrelinhas que "luarizaram-se", como diz o poeta Quintana: meu pai e minha mãe.
Se o poeta me permite, vou pegar esse poema pra mim.

Um beijo e meus cumprimentos por sua sensibilidade.

Fernand's disse...

a menina pedia por pedir... ela já tinha a lua!





rsrs
uma ótima semana, querido.
bjs meus

Everson Russo disse...

Nada pode ter mais sintonia que essa menina e a lua..abraços de boa segunda e otima semana.

Vanessa Souza Moraes disse...

Essa onipotência infantil é uma graça.

Mai disse...

Meninas sonham...
A lua alua...
E eu adoro esta palavra
a s t r o l á b i o
Parece
que o astro é a boca
ou que a lua ou a luz é o lábio.

Muito, muito bom.

Aliás o que não é bom por aqui?

cheiros

Eder Asa disse...

Poxa, Assis,
Que lindo... Dessas que se fica atônito e sem saber o que dizer.
Fabuloso!

Úrsula Avner disse...

encantador poema meu amigo e poeta. Bj.