segunda-feira, 5 de setembro de 2011

697 - repente para colorir o aprendizado das fadas

queria cobrir de espantos
o inesperado da tua astúcia
esse ruflar de mãos
esse alvoroço de membros
mas só tenho asas em fuga
um desatino de canto
nem os córregos florescem
no naufrágio deste olhar

18 comentários:

Anna Amorim disse...

Poeta,

Sentimentos sem razão, razão da vida sentir, ainda ao nos perdemos entre espantos.

Beijos,

Anna Amorim

Analuz disse...

Lindo demais... e inspirador!

Beijinho, poeta Assis!

Andressa C. disse...

nem os córregos florescem :)

Everson Russo disse...

Asas em fuga, náufrago desse olhar,,,fortes passagens dos sentimentos...abraços de bom dia.

Celso Mendes disse...

no naufrágio do olhar a esperança do resgate como canção do poeta.

abraço

Cris de Souza disse...

fadas e fados no canto do olhar!

MIRZE disse...

As fadas farão os córregos florescerem. Não fuja!

Beijo, poeta!

Mirze

Ribeiro Pedreira disse...

um repente passarinho.
abraço, poeta!

Tania regina Contreiras disse...

Ruflar de mão, alvoroço de mebros: tua poesia se renova e o encantamento de te ler também. Sempre.
Beijo, querido!

Daniela Delias disse...

Fadinhas coloridas, com certeza!
Que bonito...
Bj, bj!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá menino
As vezes ficamos estáticos diante de alguém.
Abração

dade amorim disse...

Um poema alado de ruflar asas tristes.
Beijo, Assis.

Luiza Maciel Nogueira disse...

espantos em versos, asas em fuga, desatino de canto, beijos

Joana Masen disse...

Adejo de ninfas...

Bjo!

Bípede Falante disse...

Também troquei meus pés por asas em fuga, mas não sei como usá-las, então, elas se alquebram em cima de mim.
beijoss

Jorge Pimenta disse...

grandes olhos húmidos em precipício acolhem todos os alvoroços que o não foram. todas as asas que hoje fogem um dia chegaram, foram, permaneceram.
abraço!

Ingrid disse...

intensidade de amar..
sempre Assis..
beijos querido

dani carrara disse...

o horizonte está bem parado no limiar de água e ar
e só correm o olhar
de asa-cega.

adoro aqui!

bjo