domingo, 22 de agosto de 2010

314 - Destilo este verso sem encanto


Enquanto ela adormece anjos
E cobre de bromélias fantasias

20 comentários:

Everson Russo disse...

Super interessante o adormece anjos,,,,dá uma sensação de serenidade...será? abraços de bom domingo e otima semana.

Sandra Botelho disse...

os sonhos a carregam para longe...
E cançõs perfumadas a invadem.

Bjos achocolatados

Maria Vieira disse...

versos de todo encanto.

Marcantonio disse...

Sem encanto? Jamais! O seu destilado canto sempre embriaga a imaginação.

Abração!

Tania regina Contreiras disse...

Fantasias cobertas de bromélias é de um encanto enomre, Assis...
Abraços,

Eder Asa disse...

Por mais que gosto de vários verso para ir aumentando gradativamente o sorriso, acho que suas superações estão nesses poemetos, falam tanto com tão pouco.

Abraços, Assis,
Sou fã!

Lua Nova disse...

Há uma delícia a mais em ser mulher e receber versos como esses...
Quem me dera... rs
Beijos.

Macaires disse...

Anjos e fantasias combinam com sonhos!

Beijo!

Jorge Pimenta disse...

e é justamente num verso cheio de encanto (como só a tua pena sabe sangrar) que te falo de uma distinção/desafio. não sei se valorizas ou mesmo se dás sequência a estas coisas, mas porque me desafiaram a clamar por amigos e bloguers para contarem 9 coisas a seu respeito, não pude deixar de pensar em ti. se quiseres/puderes alinhar, passa no viagens de luz e sombra e confere. teria o maior gosto!um abraço, poeta!

Mirze Souza disse...

Assis!

Quase uma prece a embalar quem se ama.

Beijos, poeta!

Mirze

Gerana Damulakis disse...

O que não falta é encanto.

Domingos Barroso disse...

Assis, meu camarada
basta a sonoridade
ao encontrar além das palavras
aquela eternidade que se diz silencioso.

forte abraço

Luiza Maciel Nogueira disse...

Sonho bom. Um encanto esse jardim de bromélias.

bjs

Everson Russo disse...

Uma bela segunda e uma otima semana pra ti amigo...abraços.

Feeling what the other feels disse...

"Ela adormece anjos..." coisas de Assis. Que eu simplesmente me encanto a cada post seu. Tenha uma ótima noite.

Lara Amaral disse...

Ela não se sentiria nada
até se ler aqui, doce poeta.

Beijinho.

Mai disse...

Há muito desencanto por ai e muito veneno que se destila, mas aqui neste canto, o que eu encontro é a mais pura poesia. .
Você me fez lembrar que mesmo o encantador de serpentes guarda os segredos de sua magia e parece que não é nada. Nada de tão grandioso assim...

cheiros

Cris de Souza disse...

És o próprio encantamento!

J.F. de Souza disse...

porque teu encanto pode não importar a ti.
mas a nós.

Andrea de Godoy Neto disse...

deve ser coisa de poeta grande, isso de fazer verso sem encanto e que encanta a toda gente...

beijo